Aceite o seu corpo, aceite você

Olá amiga, tudo bem contigo? Espero que sim. Quero te fazer uma pergunta: se você tivesse a chance e dinheiro para fazer uma cirurgia que mudasse alguma parte do seu corpo, você faria? Olha eu posso garantir com quase toda certeza que você respondeu sim. Sabe o por quê? Por que, de acordo com uma pesquisa, mais da metade das mulheres brasileiras estão insatisfeitas com o seu corpo.

Esse assunto me lembra muito da música Mrs. Potato Head da cantora Melanie Martinez. Em um trecho ela diz: “é um desperdício quando garotinhas crescem com o rosto da mãe, mas garotinhas estão aprendendo a copiar e colar.” Não parece uma descrição das meninas na nossa sociedade? Desde muito pequenas somos ensinadas que uma boa aparência é quase mais importante do que ter uma boa personalidade ou outras boas características. 

O famoso “padrão de beleza” já existe faz muito tempo, e ao longo dos anos a beleza de um corpo real foi sendo deixada de lado, até ser totalmente trocada por um padrão quase inalcançável. E agora mais do que nunca, coisas como redes sociais fazem com que você, eu e principalmente digitais influencers, consigam mascarar a realidade com muita facilidade. E isso se aplica principalmente ao corpo. 

E quais são as consequências disso? Mulheres de todas as idades fazendo a qualquer preço de tudo para conseguir emagrecer e ter um corpo ou uma determinada parte do corpo “perfeita”. As cirurgias com um risco altíssimo de vida estão entre as mais famosas e ironicamente as mais procuradas. Outra prática muito popular entre as meninas mais jovens é a bulimia. Ainda lembro das minhas colegas de escola que eram loucas para emagrecer e ficar atraentes. Elas se sentiam muito culpadas por comer, imaginavam que aquilo iria fazer mal e não queriam de jeito nenhum engordar. Então logo após uma refeição elas faziam de tudo para vomitar.

Mas se você se identificou com o que eu falei até agora, pode estar pensando: “ok, mas agora como eu faço para conseguir aceitar meu corpo como ele é?”. Amiga, meu sonho era poder escrever aqui com toda a autoridade que é um processo fácil e rápido, mas infelizmente não funciona assim.

O processo de se aceitar não é de um dia para o outro, aliás ele é eterno, porque você sempre vai ter os dias bons, no qual você se sente maravilinda, e os dias ruins, no qual você vai se sentir completamente inútil.

Então algo que faz parte do processo é você nunca se esquecer, ou nesse caso se lembrar, de que todos os melhores momentos que você já viveu foi com o seu corpo. Ele está guerreando aí contigo a sua vida inteira, e não merece passar por situações extremas simplesmente para conseguir chegar nesse tal “padrão”, que no fundo, no fundo, não é nem realístico. 

E se acaso você esteja lutando tanto para ter um corpo bonito não só para você se sentir bonita, mas para atrair pessoas, pense nisso: você realmente vai querer que pessoas que são atraídas apenas por um corpo bonito entrem na sua vida? Com certeza não né! As pessoas que realmente valem a pena, vão estar contigo independente do teu corpo, e não só por ele, o verdadeiro amor vai muito além disso. Pessoas que não são rasas vão estar ao seu lado pela sua personalidade e incríveis qualidades.

Mas veja bem, isso não quer dizer que se você sentir que o seu corpo precisa de mais saúde, ou que precisa se alimentar melhor, você não pode fazer isso por conta de que aceita seu corpo do jeito que é. Muito pelo contrário, a prática de exercícios e ter uma boa alimentação faz parte do amor que você passa a desenvolver por você mesma, pois o cuidado e aceitação também exige esforço. Mas a questão aqui é não fazer disso o motivo da sua maior preocupação da vida, ou fazendo com que a vergonha do seu corpo te tire a chance de viver momentos incríveis.

Eu já escrevi um outro blog falando sobre autoestima, seria bom que você desse uma olhada nele também, porque lá eu dei várias dicas que podem ser muito úteis para você. 

Se você chegou até aqui, queria te agradecer amiga, e também te dizer que você é única, nunca vai existir no mundo alguém igual a você e isso é o que te faz tão especial, mas agora só falta você entender isso.

Imagem padrão
Instituto Amiga dos Sonhos
Artigos: 61
Enviar
Fale com a gente também pelo WhatsApp!